Mulher é indiciada pela Lei Maria da Penha após ameaçar e invadir casa da ex-namorada em Mimoso

Por Ana Glaucia Chuina – 6 de agosto de 2019

A Lei Maria da Penha completa 13 anos nesta quarta-feira (7) e um caso pouco comum de violência doméstica foi registrado hoje (6), em Mimoso do Sul. Daniela Gomes de Souza Bahia foi indiciada pela lei por ameaçar e invadir a casa da ex-namorada que não aceitava o término do relacionamento.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi à Sede da 15ª Cia, acompanhada de sua advogada, para denunciar que sua ex-namorada estava escondida em sua casa. Ela contou que teve um relacionamento de cinco meses com a suspeita, mas terminou o namoro devido ao comportamento agressivo da companheira.

Temendo pela sua segurança, a vítima decidiu procurar a polícia. Os militares foram até a casa e constataram que a suspeita estava no local. Eles pediram para D.G de S. B sair e conversar para tentar resolver a situação.

No entanto, segundo a PM, a mulher demonstrou agressividade e se negou a sair, insistindo em reatar o relacionamento. Os policiais deram voz de prisão à mulher e, devido ao comportamento violento, foi necessário uso de spray de pimenta e força física para conseguir conte-la.

Durante a ação, os policiais disseram que a suspeita demonstrou descontrole e se auto agrediu batendo a cabeça no chão, dentro da viatura e durante depoimento na delegacia.

A mulher foi levada para ser medicada no Hospital Apostolo Pedro e, em seguida, encaminhada para a delegacia de Mimoso.

Segundo o delegado Rômulo Carvalho Neto, Daniela foi autuada em flagrante por violência doméstica pela lei Maria da Penha, já que a ex-companheira relatou um histórico de violência psicológica; por violação de domicílio e por resistência a ação policial.

A mulher foi encaminhada para o Presídio Feminino de Cachoeiro de Itapemirim.

Fonte: Aqui Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *