Calculo da hidratação: veja o quanto de água é preciso beber no inverno

Especialista alerta que a perda de 20% da água corporal pode causar morte.

As baixas temperaturas não são as únicas a caírem no período do inverno. O consumo de água também diminui durante a época, o que gera preocupação nos especialistas. Apesar da redução da sensação de sede, a água é um importante líquido para o corpo, principalmente por evitar problemas renais, doenças de pele e desidratação.

A insuficiência renal aguda ou crônica podem ser consideradas dois exemplos de enfermidades pela falta da ingestão correta de água, que prejudicam no funcionamento dos rins. De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, o número de pacientes com doença renal crônica, que necessitam de diálise, cresceu mais de 100%, passando de 42 mil em 2000, para 122 mil em 2016.

Mas, será que existe uma quantidade ideal de água para ser ingerida diariamente? De acordo com a professora de nutrição da faculdade Pitágoras, Dieli Oliveira Nunes, sim! “A ingestão média é de 3,7 litros para homens e 2,7 litros para mulheres. Já para as crianças, esse volume reduz, sendo a recomendação para meninos e meninas na faixa de 4 a 8 anos a ingestão hídrica de 1,7 litros de água por dia”, comentou a professora. 

Porém, o volume ingerido varia de acordo com as características de cada indivíduo e pode ser determinado individualmente, por exemplo, baseando-se no peso ou nas necessidades energéticas. “É importante ressaltar que uma ingestão de água mais elevada pode ser necessária em situações como doença, aumento da atividade física e exposição à temperatura ambiental mais elevada”, alertou Dieli. 

Quais os cuidados durante o inverno? 

O corpo também precisa repor as necessidades hídricas nesta época do ano. Independente da estação, o baixo consumo de água pode comprometer a saúde, podendo prejudicar as funções bioquímicas das células, bem como o sistema vascular e urinário, além de levar a desidratação. Por isso, é importante beber água durante todo o dia. 

Qual a importância do consumo de água para o nosso organismo?

O corpo só funciona com água. Num ser humano adulto saudável, cerca de 70% de seu peso corporal constitui-se de água, encontrada dentro e fora das células. Com isso, a água desempenha funções importantes no organismo: serve como meio para transporte de gases, nutrientes e produtos do metabolismo celular; atua como lubrificante das articulações; compõe as secreções digestivas e mucosas aéreas; regula a temperatura corporal, além de representar o solvente universal que participa de diversas funções químicas essenciais à vida.

Quais os riscos ao beber pouca água? 

As crianças e os idosos fazem parte desse grupo de risco susceptível a desidratação. “A perda de 20% da água corporal pode causar morte, enquanto que a perda de apenas 10% causa distúrbios graves, como diminuição do volume sanguíneo, desempenho físico prejudicado, fraqueza aumentada, tontura, náuseas, dor de cabeça, deficiência para regular a temperatura corporal, mucosa do nariz e da boca secas, urina concentrada, além da função renal deficiente”, listou a especialista. 

Hidratação além da água 

De modo geral, todas as bebidas hidratam! Além disso, também é possível encontrar água nos alimentos, principalmente em verduras, frutas e legumes. Para repor os líquidos perdidos pelo corpo ao longo do dia, é importante criar o hábito de ingerir líquidos mesmo quando não se está com sede. Podemos ingerir água de coco, água saborizada, chás, frutas e sucos de frutas são alternativas que podem ser consumidas ao longo do dia.

A especialista alerta que as pessoas evitem os sucos e alimentos industrializados porque estes aumentam a concentração de carboidrato. “Vale lembrar que sucos, refrigerantes e isotônicos possuem alto teor de açúcar e calorias, que colaboram para o aumento da glicemia. Bebidas alcoólicas podem ter o efeito inverso, ou seja, de desidratar o organismo, dependendo do teor do álcool”, comentou Dieli. 

Larissa AgnezRedação Folha Vitória11 de Julho de 2019 às 05:34Atualizado 11/07/2019 05:34:16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *