Morador em situação de rua morre após ser espancado em Vila Velha

A vítima estava dormindo quando foi agredida com socos e chutes. Ele morreu minutos depois.

Um morador em situação de rua acabou morrendo após ser espancado por um homem, em uma das principais avenidas de Coqueiral de Itaparica, em Vila Velha. De acordo com testemunhas, o crime aconteceu por volta de 00h30 desta sexta-feira (19). O agressor foi preso e disse que os socos e chutes serviriam “apenas para corrigir a vítima”.

Testemunhas contaram que o morador em situação de rua dormia na calçada de um supermercado, quando o suspeito teria chegado ao local, acompanhado de um amigo. Sem falar nada e aparentemente alterado, o suspeito agrediu o morador com vários chutes e socos.

Após ser agredido, a vítima conhecida apenas como “Hélder”, ficou caída no chão. Uma viatura da polícia e uma ambulância do Samu foram acionadas. A equipe do Samu prestou os primeiros socorros ainda no local, mas o rapaz não resistiu aos ferimentos.

O suspeito foi identificado como Paulo Roberto Gratz, de 30 anos. Detido, ele disse que teria agredido a vítima, porque o morador supostamente teria roubado o celular dele 15 dias antes do crime. Paulo foi preso juntamente com o amigo, que teria assistido as agressões e não fez nada para impedi-lo.

Uma terceira pessoa também foi presa por ter desacatado aos policiais enquanto eles prendiam o suspeito de agressão e o amigo. Foi um homem de 31 anos, que segundo a polícia não tinha envolvimento com a morte da vítima, mas acabou atrapalhando o trabalho dos militares quando tentava filmar a ação policial. Os três foram encaminhados para o DPJ de Vila Velha.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que a ocorrência  ainda segue em andamento.

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *