Mulheres são detidas tentando entrar com drogas nas partes íntimas em presídio de VV

Todo o material estava nas partes íntimas das três. Elas foram detidas, e os materiais apreendidos foram encaminhados para a Segunda Delegacia Regional de Vila Velha.

Três mulheres foram detidas nesta terça-feira (02) tentando entrar com drogas nas partes íntimas no Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha. Elas passaram por vistoria em um detector de metais e nada foi encontrado.

Os inspetores teriam avisado que elas passariam por outra vistoria, uma espécie de scanner corporal. Ao saber disso, duas das mulheres teriam se entregado, mas a terceira quis dar sequência ao procedimento para entrar.

A mulher de 31 anos estava com pedaços de fumo, cargas de caneta, estimulantes sexual, uma carta da filha para o pai, e pedaços de massa adesiva, que segundo a direção da unidade, poderiam ajudar os detentos em uma possível fuga. Já a outra mulher, de 42 anos, estava com mais de 30 buchas de maconha, além de fumo. Já a terceira, de 21 anos, que resolveu passar pelo procedimento, carregava 14 buchas de maconha e uma suposta carta para o marido.

Foto: Reprodução TV Vitória
Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha

Segundo a direção do presídio, a tentativa de entrada aconteceu durante o momento de visitas íntimas. A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) informou que mantém um protocolo que estabelece as regras para entrada nas unidades prisionais, visando coibir a entrada de objetos ilícitos. Além de realizar revista, a equipe da Sejus informou que está atenta à movimentação dos internos em áreas comuns e celas, que passam por vistorias para verificar a conservação e em busca de substâncias ilícitas, e que casos como esse são reportados e encaminhados à autoridade competente para autuação do visitante ou interno flagrado.

Com informações da repórter Ana Carolini Mota, da TV Vitória/ RecordTV!

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *